Menu de Navegação de Páginas

Quais as exigências para ingressar no seminário ou convento?

Quais as exigências para ingressar no seminário ou convento?

Para um jovem ou uma jovem ingressar no seminário ou no convento, a primeira e mais importante exigência é a reta intenção, isto é, desejo sincero de seguir Jesus Cristo e seu evangelho. Por causa deles e somente por causa deles doar a própria vida. Entre todas as exigências, essa é a mais importante.

Por causa de Jesus e de seu evangelho, o jovem será capaz de renunciar a si mesmo, sua família, amigos, as coisas do mundo, os prazeres da carne e tudo mais. Por causa de Jesus Cristo e de seu evangelho, o jovem enfrenta todos os desafios e renuncia as compensações mundanas. Seu coração se enche de alegria e sua vida ganha novo sentido. Tudo nele, dons, habilidades pessoais, vontade própria, torna-se uma grande oferenda agradável ao Pai. Por causa de Jesus e de seu evangelho suas habilidades se expandem, seus braços se abrem, seus lábios enchem-se de sorrisos e proclamam a glória de Deus. Mesmo quando a cruz se faz pesada, o jovem caminha com firmeza, pois sua vida está consolidada na rocha que não se desmorona nunca, Jesus Cristo, o Redentor.

Se faltar essa reta intenção, as demais não tem consistência e se desmoronam no percurso da caminhada.

:: Quanto tempo de formação é necessário para tornar-se padre, irmão ou irmã?

Pode acontecer que no início do processo de discernimento vocacional, o jovem ainda não tenha claro essa reta intenção, mas o acompanhamento e as orientações devem levar a isso. É por isso que existem os encontros vocacionais, os retiros espirituais, o processo de aprofundamento para que aconteça o amadurecimento vocacional na vida do jovem.

Inicialmente a motivação pode ser por causa do hábito deste ou daquele religioso ou religiosa. O jovem pode achar bonito e desejar um dia usar algo igual. Às vezes, o jovem se encanta com o próprio seminário ou jeito de ser desse padre, ou irmão, ou irmã, por esse ou aquele carisma, etc. Tudo isso é importante, mas em si, não tem consistência.

O discernimento vocacional precisa levar o jovem a superar essas motivações frágeis, inconsistentes e fazer sua verdadeira escolha. “Se alguém me quer seguir, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz de cada dia e me siga ”, disse Jesus. (Mc 8,34).

Para seguir Jesus Cristo e seu evangelho, há outras exigências importantes também, como saúde física e mental, capacidade de viver e trabalhar em comunidade, disponibilidade para doar-se e servir com alegria.

Ninguém fica padre, religioso ou religiosa para si mesmo, mas para servir os irmãos, entre eles, os mais necessitados de amor e de vida digna. Por isso, só será capaz de seguir Jesus Cristo e seu evangelho quem se torna capaz de gastar a vida em favor das pessoas feridas da sociedade, daqueles e daquelas vítimas das injustiças e da desestruturação social que marginaliza e mata. Por isso, a principal exigência para alguém deseja ingressar no seminário ou no convento, é a capacidade de deixar tudo por causa de Jesus e de seu evangelho.

(Fonte: site A12/TV Aparecida/ Ir. João Batista de Viveiros, C.Ss.R.
Promotor Vocacional Redentorista)

 

Deixe um Comentário