Menu de Navegação de Páginas

Fazenda da Esperança de Jaboatão: Ajude com doações para compor o enxoval

Fazenda da Esperança de Jaboatão: Ajude com doações para compor o enxoval

Em dezembro de 2017, dom Fernando Saburido anunciou a data de inauguração da primeira unidade da Fazenda da Esperança construída pela Arquidiocese de Olinda e Recife: 1° de março de 2018 (às 9h).  Antes da inauguração, no entanto, surge o  desafio de mobiliar a Fazenda da Esperança Padre Antônio Henrique, no distrito de Muribequinha, município de Jaboatão. Esta será também a primeira unidade da Fazenda da Esperança da região metropolitana do Recife. O empreendimento começou a ser construído há um ano atrás.

Na etapa atual da construção, estão sendo necessários utensílios para mobiliar a primeira das quatro casas  que receberá os reeducandos. Há duas formas de ajudar: doando o valor em dinheiro para a compra do “enxoval”. Basta fazer o depósito na conta Banco do Brasil, agência 2805-3, conta-corrente 132892-1 e CNPJ 09756859/0001-08. Ou doando os produtos e itens de mobiliário (veja as especificações nas tabelas anexas). Você pode entregar a doação na Arquidiocese (Palácio dos Manguinhos, Graças). Após cotação de preços, a Arquidiocese sugere que os utensílios domésticos podem ser adquiridos na loja Kalanga, em Olinda. O orçamento solidário cabe em todos os bolsos. Os valores dos produtos vão de R$5,00 (coador de pano para café) a R$1.800,00 (guarda-roupa). Clique aqui e veja a lista completa de utensílios  e dos móveis e os respectivos valores. Informações: (81)3271-4270 ou 9.9519-7777(Sr. Ivan Velozo).

Doações:

Banco do Brasil

Agência 2805-3,

conta-corrente 132892-1

CNPJ 09756859/0001-08 (Arquid. Faz. Esperança)

Confiante na solidariedade e generosidade de empresários e do povo de Deus, dom Fernando Saburido lançou-se no desafio de arrecadar donativos para a construção da Fazenda da Esperança. Quando era bispo na cidade cearense de Sobral, dom Fernando também esteve à frente da construção da Fazenda da Esperança São Bento. Desde 2011, o arcebispo vem articulando a construção da unidade da Fazenda em Jaboatão e obteve da prefeitura de Jaboatão a doação de um terreno. E no período de 2014 a 2017, o padre Reginaldo Manzotti vem atendendo ao pedido de dom Fernando para protagonizar quatro shows da Esperança – Evangelizar é Preciso, em prol da construção orçada no valor de 4 milhões de reais.  

Os voluntários designados pela Arquidiocese para acompanhar a obra da Fazenda da Esperança de Jaboatão, diácono Antão Marcelo e Ivan Velozo informam que a partir de 22/01/2018, missionários da Fazenda da Esperança passarão a fazer um trabalho de divulgação do serviço em todas as paróquias do território arquidiocesano. O tratamento dos jovens do sexo masculino com dependência química é voluntário e o reeducando tem de aderir de livre e espontânea vontade. É fundamental o apoio e a participação da família, no processo de reabilitação. A proposta é que cada jovem acolhido trabalhe nas tarefas diárias e faça parte da rotina de manutenção da Fazenda.

O projeto da Fazenda da Esperança de Jaboatão prevê três casas com capacidade para 14 pessoas cada, além de um refeitório, salão de atividades manuais, quadra esportiva e uma capela. O terreno doado pelo município de Jaboatão tem uma área de 30 hectares, sendo que 1,5 mil metros de área construída. A Fazenda da Esperança é uma comunidade terapêutica com mais de 30 anos de experiência na recuperação de jovens dependentes químicos, a maior da América Latina neste segmento. Atualmente, a comunidade se encontra instalada em 15 países. Em Pernambuco, será a quarta unidade a ser construída. Já funcionam uma em Caruaru e duas em Garanhuns.

Comunidade Terapêutica Fazenda da Esperança– A Fazenda da Esperança é uma comunidade terapêutica reconhecida pelo Vaticano e está presente em quinze países, entre eles Argentina, México, Alemanha e Filipinas. São mais de cem unidades tratando milhares de jovens. No Brasil, este projeto possui 77 unidades, três delas em funcionamento em Pernambuco (duas em Garanhuns e uma em São Joaquim do Monte). A entidade nasceu em 1992, criada pelo Frei Hans Stapel, que informa que cerca dos 80% internos que passam por tratamento na Fazenda da Esperança se recuperam. A unidade que se encontra em construção em Jaboatão prevê a instalação de três casas destinadas à moradia de 14 pessoas cada, totalizando uma capacidade inicial de 42 recuperandos, além de refeitório, capela e área de lazer. A Fazenda da Esperança Jaboatão estará apta a acolher jovens do sexo masculino que tenham problemas com dependência química e viverão do próprio trabalho como fonte de autoestima e sustento.

(Pascom Arquidiocese)

 

Deixe um Comentário