Menu de Navegação de Páginas

Santuário de Nossa Senhora da Conceição divulga programação da 113ª Festa do Morro

Santuário de Nossa Senhora da Conceição divulga programação da 113ª Festa do Morro

Tem início no próximo dia 29, a 113ª Festa de Nossa Senhora da Conceição do Morro, no Morro da Conceição, na zona norte do Recife. A festa deste ano traz como tema “Nossa Senhora da Conceição do Morro: Muitos Nomes, uma Só Mãe”, em alusão aos vários títulos dados a Nossa Senhora, que é a mesma mulher, a mãe de Jesus Cristo.

Entre os meses de maio e setembro, o Santuário do Morro da Conceição realizou um concurso para escolher a canção tema da Festa do Morro 2017. Cerca de 50 canções realizaram inscrições, sendo a grande campeã a música “Virgem mãe de tantos nomes”, de Ronaldo Oliveira dos Santos.

A Festa do Morro, como é popularmente conhecida, será celebrada entre os dias 29 de novembro a 08 de dezembro, com 52 missas durante os 10 dias de festa. Do dia 30 de novembro a 07 de dezembro, as missas serão celebradas às 07h, 09h, 11h, 14h e 16h. O novenário será celebrado à noite, às 19h30.

Cada dia do novenário – 29 de novembro a 07 de dezembro – será dedicado a um título mariano: NS Aparecida, NS de Lourdes, NS de Fátima, NS da Penha, NS do Carmo, Mãe Rainha Três Vezes Admirável de Schoenstatt, NS dos Prazeres, NS das Graças e NS do Perpétuo Socorro.

Artistas locais irão se apresentar dentro do novenário com canções marianas. Silvério Pessoa, Almir Rouche, Dudu do Acordeon, Liv Moraes, Cristina Amaral, Viviane Arruda, Sandro Cesar, Fabiana Paula, Elys Viana, além do Coral do Movimento Pró-Criança.

No dia da abertura dos festejos, 29 de Novembro, uma Solene Celebração de Ação de Graças pelos amigos e parceiros da Festa será rezada no Santuário do Morro, às 09h.

As comemorações a Nossa Senhora da Conceição iniciam-se com a Procissão da Bandeira. A concentração está marcada para às 17h, no Sítio da Trindade, zona norte da capital pernambucana, de onde o andor irá sair pontualmente às 18h.

A caminhada seguirá pela Estrada do Arraial e pelas Ruas Padre Lemos e Pedro Alain, até o Largo Dom Luiz, subindo o Morro da Conceição pela Rua Itacoatiara (subida dos ônibus) até a Praça da Conceição, onde será celebrada a santa missa campal, presidida pelo Reitor do Santuário, padre José Ulysses, e pelo Pároco do Morro da Conceição, Padre Renato Azevedo.

Logo após a celebração, a cantora católica Adriana Arydes se apresenta no palco e abre a programação cultural com shows religiosos, que este ano irão ocorrer apenas na abertura, no fim de semana e na véspera do encerramento das festividades em honra a Imaculada Conceição, visando à segurança e o retorno tranquilo dos fieis para seus lares, sendo estes, dias de maior movimentação na cidade. As apresentações acontecem logo após o novenário, às 20h30.

Atrações Culturais
29/NOV – Quarta-feira, 20h30-22h: Adriana Arydes
01/DEZ  – Sexta-feira, 20h30-22h: Dudu do Acordeon e Silvério Pessoa
02/DEZ –  Sábado, 20h30-22h: Padre João Carlos
03/DEZ –  Domingo, 20h30-22h: Frei Damião
07/DEZ –  Quinta-feira, 20h30-22h: Almir Rouche e Orquestra de Cordas do Movimento Pró-Criança

No dia dedicado à Nossa Senhora da Conceição, dia 08 de dezembro, a partir da zero hora, serão celebradas missas a cada hora, intercalando celebrações dentro do Santuário e no palco externo das 00h às 10h.

A procissão de encerramento da Festa terá concentração a partir das 14h. O cortejo irá sair do Forte do Brum, no Cais do Apolo, às 15h. Com um percurso de aproximadamente 7 km, a caminhada irá seguir pela Ponte do Limoeiro e Avenida Norte, subindo pela Estrada do Morro da Conceição (descida dos ônibus), em direção a Praça do Morro da Conceição.

A missa solene de encerramento será campal, presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Olinda e Recife, Dom Fernando Saburido, com previsão às 18h.
Dentre as atividades que antecedem a Festa do Morro 2017, no dia 26 de novembro serão rezadas Missas em Ação de Graças pelos Motoristas e Voluntários da Festa, às 09h e 18h, respectivamente.

Assim como ocorreu em 2016, o acesso a imagem da Santa irá contar com um esquema especial de circulação das pessoas em torno do monumento, com o auxílio de gradis.

História da Festa – A “Festa do Morro”, como é conhecida popularmente, teve origem a partir da comemoração do cinqüentenário do dogma da Imaculada Conceição, instituído pelo Papa Pio IX, em 1854. No dia 08 de dezembro de 1904, foi inaugurado o monumento com a imagem de Nossa Senhora da Conceição, pelo então bispo de Olinda, Dom Luiz Raymundo da Silva Britto. A partir desse dia, o Morro da Boa Vista passou a ser denominado definitivamente como o Morro da Conceição.

História do Santuário do Morro da Conceição – Caminha junto com a réplica da imagem da Virgem da Conceição. Nesta época, o bispo diocesano D. Luís Raymundo da Silva Britto mandou construir uma capela em estilo gótico, cuja inauguração foi realizada no dia 8 de dezembro de 1906. Até então a capela pertencia à comunidade de Poço de Panelas, no Recife.

Devido ao desenvolvimento urbano do local, houve o desmembramento da área do Morro da Conceição, para criação da nova Paróquia de Nossa Senhora da Conceição do Morro, instaurada em oito de dezembro de 1974. No ano seguinte, a paróquia passou a denominação de Matriz do Morro da Conceição. Hoje o Santuário apresenta-se de forma moderna, toda revestida com paredes de vidro, permitindo a visão da imagem da Virgem Imaculada de dentro e fora da igreja. Acolhendo assim de forma singular todos os devotos e romeiros que peregrinam até o alto do Morro da Conceição ao longo do ano.

Imagem – A imagem foi trazida da França em um navio em 1904, mede 3,5 metros de altura e pesa 1840 kg. Representa Maria Santíssima, toda vestida de branco e envolvida em um manto azul. Simboliza a passagem bíblica do livro do Gênesis (3,15), onde Deus diz: “Porei inimizade entre ti e a Mulher, entre a tua descendência e a dela. Tu lhe ferirás o calcanhar e ela te esmagará a cabeça”. A imagem mostra Maria de pé sobre o globo terrestre, com uma coroa dourada na cabeça, com as mãos unidas em oração e uma cobra sendo esmagada pelos pés e tem sua face voltada para a igreja matriz, numa posição privilegiada, onde pode ser vista de várias partes do Recife.

Foi restaurada pela primeira vez em 2001, e ano passado, passou pela segunda intervenção artística, com duração de três meses para ficar pronta. De acordo a arquiteta restauradora, Karla Grimaldi, responsável pelo trabalho de restauro da imagem, foi usada massa de poliéster para nivelar as fendas da peça, e na pintura foram utilizadas tintas PU, a mesma utilizada em navios, e placas folheadas de ouro 23k.

Missionários Redentoristas – Fundada em 09 de novembro de 1732, em Nápoles, Itália, a Congregação do Santíssimo Redentor ou Redentoristas, teve em seu fundador, Santo Afonso Maria de Ligório, padre italiano de Nápoles, a realização de um propósito, no qual sonhava com um Instituto formado por homens cheios de fé, felizes com a própria vocação, caridosos e apaixonados pelos mais pobres e marginalizados; homens de oração e humildes. E esses missionários têm por objetivo existencial anunciar o Cristo Salvador, continuando-O nos dias de hoje, com linguagem simples e despojada, para que todos compreendam a mensagem de seu projeto salvífico. Com 284 anos de historia, a Congregação dos Redentoristas encontra-se em quase 80 países, formada por mais de cinco mil membros.

No Brasil, há cerca de 600 missionários redentoristas em 25 estados e no Distrito Federal, estando ausentes somente no estado de Roraima. Estão organizados em cinco Províncias (São Paulo, Rio de Janeiro, Campo Grande, Goiás e Porto Alegre) e quatro Vice-Províncias (Manaus, Bahia, Fortaleza e Recife). Os redentoristas estão à frente de outros Santuários do país, a exemplo do Santuário Nacional de Aparecida, localizado em São Paulo e do Santuário Basílica do Divino Pai Eterno, em Trindade, Goiás.

Padre José Ulysses da Silva – CSsR (Congregação do Santíssimo Redentor) –
Reitor do Santuário do Morro da Conceição – natural de Cachoeira Paulista – SP, foi Reitor do Santuário Nacional de Aparecida durante dois anos. Foi Membro do Governo Geral da Congregação Redentorista.

Padre Renato Azevedo de Oliveira – CSsR (Congregação do Santíssimo Redentor) Pároco do Santuário do Morro da Conceição – natural de Garanhuns-PE é missionário redentorista há seis anos e ordenado padre há dois anos.

Padre Mailson Regis de Queiroz – CSsR – (Congregação do Santíssimo Redentor) Padre do Santuário do Morro da Conceição – Natural do Congo-PB é missionário redentorista e ordenado sacerdote, em agosto de 2016.

Irmão Daniel Augusto da Silva CssR – (Congregação do Santíssimo Redentor) Missionário Redentorista- Natural de Potim-SP é irmão redentorista há sete anos.

Texto: Assessoria de Imprensa do Santuário

Deixe um Comentário