Menu de Navegação de Páginas

Dom Fernando reza com doentes na Visita Pastoral à Paróquia do Espinheiro

Dom Fernando reza com doentes na Visita Pastoral à Paróquia do Espinheiro

A Arquidiocese de Olinda e Recife realizou neste sábado (17/06) mais uma visita pastoral, desta vez à Páróquia do Santíssimo Coração Eucarístico de Jesus, no bairro do Espinheiro, no Recife. Os fiéis receberam dom Fernando Saburido na igreja matriz, onde ouve a reunião da Comissão de Pastorais da Paróquia. O objetivo da visita pastoral é estreitar os laços entre arcebispo e fiéis, buscando integração de suas atividades, partilhando experiências e fazendo surgir sugestões para melhores resultados na missão de evangelizar. “Estarmos juntos nos motiva a todos e renova o ânimo pastoral”, garantiu o arcebispo.

Dom Fernando conheceu uma exposição de trabalhos artesanais, fruto da Pastoral do Idoso, e ficou encantado com a organização do bazar permanente da Paróquia, no prédio da Secretaria Paroquial – uma loja bonita e sortida, com roupas de qualidade, que reverte os valores obtidos com vendas para as ações sociais da Igreja. A pé, foi à casa inspetorial da Congregação das Irmãs Franciscanas de Maristella, que mantêm um pensionato para idosas no bairro. O bispo auxiliar, dom Antônio Tourinho, que é também vigário episcopal para a Vida Religiosa Consagrada, juntou-se à comitiva do arcebispo e percorreu as instalações do prédio, conversando com as pensionistas e proporcionando a elas um dia cheio de alegria.

À tarde, o arcebispo visitou o Hospital dos Servidores do Estado. Entrou em enfermarias, conversou com os doentes, rezou com eles. Conheceu a ala de oncologia do hospital, recém reformada, e também a capela que fica ao lado da gruta. Segundo dom Fernando, sua presença no hospital quer levar a cada irmão internado a força da fé. “Um gesto de carinho e uma palavra de força podem ajudar nesse momento tão sofrido; as pessoas precisam alimentar a fé e confiar na Providência, sabendo que são os preferidos de Deus”, comentou.

Num país de desigualdades, a visita tomou o rumo contrário dos altos edifícios do bairro. Entrando em pequenas ruas no Campo do Vila, dom Fernando foi recebido por um grupo de mulheres na Capela de Santa Ana. Entrou ainda nas casas dos moradores do lugar, visitou doentes e cumprimentou os que encontrava nas ruas. Ficaria mais tempo se não houvesse compromisso com os fiéis que o aguardavam na Capela de São Miguel, com quem trocou algumas palavras antes de seguir para a celebração na igreja matriz, às 17h.

Na missa que presidiu, concelebrada pelo pároco frei Paulo Sérgio Feitosa, pelo vigário episcopal do Vicariato Soledade padre Paulo Sérgio Vieira Leite e pelo vigário paroquial frei Geraldo Araújo, o arcebispo fez um resumo da experiência de passar o dia na Paróquia do Espinheiro e refletiu sobre o evangelho do domingo, quando Jesus diz que “a messe é grande mas os trabalhadores são poucos”. “Essas palavras de Jesus se aplicam bem aos dias de hoje, quando os desafios do mundo são grandes e muitos”, disse. “Por isso convido vocês a se engajarem nas pastorais desta Paróquia e ajudarem a continuar a bela, mas difícil, missão de evangelizar e ajudar os irmãos que mais precisam”. Após a comunhão, frei Geraldo presenteou os fiéis, entoando o hino eucarístico “Panes Angelicus”, arrancando aplausos de todos.

No encerramento da visita pastoral, a comitiva do arcebispo esteve com as Irmãs Missionárias de Jesus Crucificado para um momento de confraternização. Na recepção, diante de todos, Ir. Iraci Lino agradeceu a presença de dom Fernando entre elas, e fez questão de partilhar uma história. “Hoje à tarde meu sobrinho ligou para dizer que estava muito feliz porque o arcebispo chegou de surpresa no hospital e visitou minha irmã Ivone que está muito doente, rezando com ela; por isso quero agradecer publicamente esse ato misericordioso de dom Fernando e dizer que este é o verdadeiro espírito de uma visita pastoral”, disse a religiosa.

A próxima visita pastoral da Arquidiocese será nos dias 1º e 2 de julho, na Paróquia Nossa Senhora de Fátima, no Bairro Novo, em Olinda.

Pascom AOR

Deixe um Comentário