Menu de Navegação de Páginas

Dom Fernando celebra dedicação e bênção do altar e da igreja do Rosário em Jaboatão dos Guararapes

Dom Fernando celebra dedicação e bênção do altar e da igreja do Rosário em Jaboatão dos Guararapes

A Paróquia Santo Amaro, em Jaboatão dos Guararapes, reinaugurou a Igreja de Nossa Senhora do Rosário na noite desta quarta-feira (14/06), com a bênção e dedicação do altar e da igreja, ministrada pelo arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido. A igreja estava lotada, com pessoas em pé e até do lado de fora, para participar do rito católico que prepara e entrega a igreja ao povo de Deus.

A celebração foi presidida por dom Fernando e concelebrada pelo pároco, padre Damião Silva, e pelo vigário episcopal do Vicariato Cabo, monsenhor Maurício. Outros sacerdotes participaram da celebração, como os padres Luciano Brito, Carlos André, Davi e os salesianos padre Rondon, padre Antônio Gomes e padre Demontier.

Depois de dois anos de reformas, tudo está novinho em folha – pintura, altar, bancos. Por isso houve o rito católico de consagração do novo templo. O arcebispo fez a dedicação do altar pela aspersão de água em sinal de penitência e para lembrar o Batismo. Em seguida, de joelhos, o clero e a assembleia entoaram ladainha aos santos, para que se unam em oração a Deus pela nova igreja. Relíquias de São João Paulo II e São João XXIII foram apresentadas e serão incrustadas, posteriormente, no altar. Com paramento especial, o arcebispo procedeu então à unção do altar.  O óleo santo foi derramado por sobre a mesa e espalhado com as mãos, simbolizando o poder e a força de Deus. O óleo também foi aplicado nas paredes da igreja, pelas mãos do pároco, e sob o olhar atento dos fiéis. Depois, o suave perfume do incenso colocado sobre o altar tomou conta da igreja, enquanto as orações, tal qual a fumaça do incenso, subiam para o céu.

Pouco a pouco, o altar da nova Igreja de Nossa Senhora do Rosário se vestiu para a Páscoa de Jesus: paroquianos antigos e colaboradores fiéis da Paróquia cobriram, cuidadosamente, o altar com toalhas novas, limpas e impecavelmente engomadas. Por sobre ela colocaram o crucifixo central e ladearam-no com seis grandes velas, acesas pelo padre Rondon ao tempo em que se acenderam as luzes da igreja: aí se dava o nascimento da nova igreja, sob a luz de Deus.

Com o altar pronto, o arcebispo e os padres celebraram a Eucaristia, oferecendo Jesus na hóstia consagrada aos fiéis presentes. Após a comunhão, dom Fernando inaugurou a capela do Santíssimo, localizada à esquerda do altar, depositando no sacrário o corpo de Jesus Eucarístico.

“Estamos aqui para dedicar a Deus esse templo que foi completamente renovado, com tanto carinho, para que ele possa melhor acolher o povo de Deus que acorre a esse lugar, querendo encontrar aqui um ambiente favorável ao encontro com Deus em oração”, explicou o arcebispo.

A ata da solenidade, lida pelo padre Luciano Brito, registrou as palavras proferidas por dom Fernando Saburido em sua homilia: “Além da beleza do templo, casa de Deus, lembremos que é aqui onde os pobres encontram misericórdia, os oprimidos alcançam a verdadeira liberdade e onde todos sentem a dignidade de ser filhos e filhas de Deus, por isso devemos ter a consciência de que também nós, os batizados, somos igrejas vivas e precisamos cuidar de nosso templo interior”.

Pascom AOR

Deixe um Comentário