Menu de Navegação de Páginas

Funeral de padre Mário Beserra comove fiéis no Recife

Funeral de padre Mário Beserra comove fiéis no Recife

O clima de despedida tomou conta da capela de Nossa Senhora da Conceição, no Centro de Pastoral Arquidiocesano, na Várzea, na manhã desta quinta-feira, 18/05. Às 08h, dom Fernando Saburido, arcebispo de Olinda e Recife, presidiu a missa de corpo presente do padre Mário José Beserra, ex-pároco da paróquia de Nossa Senhora de Fátima, Mangabeira, no Recife, e capelão do Exército Brasileiro em João Pessoa, falecido na manhã de ontem, na capital paraibana. Padre Mário tinha 39 anos e foi encontrado morto em seu quarto, provavelmente por ter sofrido um enfarte fulminante.

Durante a madrugada de hoje, o corpo de padre Mário foi velado na Capelania do Exército de João Pessoa, onde o sacerdote prestava serviço e, no início da manhã, o corpo foi conduzido a Pernambuco.

Dom Fernando Saburido presidiu o ritual de Exéquias e os bispos dom Egídio Bisol, de Afogados da Ingazeira, dom Paulo Jackson, de Garanhuns, dom Gabriel Marchesi, de Floresta, dom Luís Salles, de Pesqueira, dom Antônio Carlos Cruz Santos, de Caicó (RN) e dom Antônio Tourinho Neto, bispo auxiliar da Arquidiocese, concelebraram a Santa Missa. Na homilia, o arcebispo metropolitano destacou que a morte é o princípio da verdadeira vida e que toda a comunidade – familiar, exército e clero – deve agradecer pelo convívio com o padre Mário. Dom Fernando citou o livro da Sabedoria, mencionando que a vida dos justos está nas mãos de Deus.

O bispo da diocese de Afogados da Ingazeira, dom Egídio Bisol, encomendou o corpo de padre Mário. O padre Moisés Ferreira de Lima, secretário da Arquidiocese, leu uma singela homenagem ao sacerdote falecido, destacando três qualidades de padre Mário: a entrega total ao sacerdócio, a disponibilidade em servir a Igreja e a animação vocacional. “Ele soube ser um servo bom e fiel”, concluiu o padre Moisés. O padre João Bosco Costa Lima, reitor do Seminário Nossa Senhora da Graça, enfatizou que o padre Mário Beserra era um grande incentivador das vocações religiosas e que, neste ano, inclusive, quatro seminaristas orientados por padre Mário serão ordenados.

O padre Josenildo Tavares, capelão da Polícia Militar de Pernambuco e Coordenador das Pastorais da Arquidiocese, lembrou que duas semanas atrás, esteve reunido com o padre Mário Beserra, na sede do Comando Militar do Nordeste, para preparar a celebração da Páscoa com a visita do arcebispo militar dom Fernando Guimarães e o sacerdote estava feliz e tranquilo.  Compareceram à missa a irmã do padre Mário, Isabel Sueli Beserra, sua “mãe” do coração, Maria do Socorro Belém, integrante do Apostolado da Oração, além de oficiais do Exército, membros do Apostolado da Oração, presbíteros e seminaristas. Os pais do padre Mário são falecidos. Ao término da missa, dom Fernando Saburido agradeceu ao Exército Brasileiro, pelo apoio, ao clero e aos fiéis, pela solidariedade à família do padre Mário, neste momento de luto.  

Ainda na tarde desta quinta-feira, o corpo do padre Mário será conduzido à sua terra natal, Afogados da Ingazeira, Sertão pernambucano, para o sepultamento, que acontecerá na sexta-feira 19/05.

Ordenado presbítero na diocese de Barra (BA), em 20/06/2008 e natural de Afogados da Ingazeira (PE), padre Mário fazia parte do clero arquidiocesano desde junho de 2011, mas estava a serviço da Capelania do Exército, em João Pessoa. Foi administrador paroquial da Paróquia Nossa Senhora der Fátima, na Mangabeira, em Recife, no período de 2009 a 2013.  Em 214 foi nomeado como assistente espiritual do Movimento Pró-Criança e no mesmo ano foi nomeado vigário paroquial da paróquia do Santíssimo Sacramento, na Boa Vista. Em 2015, padre Mário foi nomeado capelão da Casa Provincial de Nossa Senhora das Graças – Companhia das Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo, na Boa Vista. 

 

(Pascom AOR)

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *